Página Inicial  
 
Fale Conosco   Instagram Twitter Facebook Flickr You Tube RSS Feed   Holerite Consultar Informe de Rendimentos Consulta Empréstimo Consignado Webmail
 

OPORTUNIDADE – O local oferece gratuitamente a população, mais de 25 opções de cursos na área musical

Casa da Música é um celeiro de novos talentos
 

Por Secretaria de Governo / Departamento de Comunicação Social

comunicacao@itanhaem.sp.gov.br
Imprimir   Imprimir

Fazer da arte musical um instrumento de trabalho passou a se tornar um ciclo vicioso entre os frequentadores da Casa da Música. O estudante de ontem é o professor de hoje, responsável por ensinar as técnicas de aprimoramento aos recém chegados. O ambiente é considerado por muitos um celeiro de novos talentos, já que o espaço oferece gratuitamente a população mais de 25 opções de cursos na área musical.

Hoje, Edmilson Pereira Lima, de 30 anos, é instrutor da Banda Marcial, mas por muitos anos foi aluno. Integrante há 10 anos da Banda, ele conta que a paixão pela música e a força de vontade o motivaram a correr todos os dias de bicicleta o percurso de aproximadamente 22 km, distância percorrida de Mongaguá a Itanhaém.

Curiosamente, a música sempre andou em primeiro plano. Mesmo com a exaustão e o cansaço vigorando a cada pedalada, a determinação de Edmilson sempre falou mais alto. “Assistindo a um desfile cívico em Mongaguá, vi a Banda se apresentando e me encantei, achei interessante e corri para pegar o contato. A banda é minha vida, me dedico de corpo e alma aos meus estudos. O prazer de tocar e estar na banda me move a participar cada vez mais. De certa forma a gente acaba contribuindo para a sociedade”, ressalta.

A procura pelos serviços oferecidos pela Casa da Música se acentua a cada mês. Somente no primeiro semestre de 2011, o espaço registrou a matrícula de 1.618 pessoas, ultrapassando 2010, que teve 1.194 inscrições.

O aluno Luiz Gustavo de Moraes Thomavinho, de 33 anos, está na Casa da Música apenas há um semestre, o suficiente para surgir novas oportunidades. “Quando entrei na Casa da Música, já tinha um pouco de conhecimento porque estudei em São Paulo. Mas foi graças ao professor e ao espaço que aperfeiçoei as técnicas e criei confiança para dar aulas”.

Atualmente, Luiz dá aulas particulares para três alunos em Itanhaém, e tira no final do mês um dinheiro extra. Segundo ele, para o próximo ano, já possui planos reservados à música. “Já penso em cursar uma faculdade de música em 2012. A Casa da Música foi a grande estimulação”.

O espaço sedia aulas de violão clássico, violão popular, violoncelo, contrabaixo acústico, contrabaixo elétrico, trombone, trompa, melofone, flugel, bombardino, violino, trompete, saxofone, gaita, tuba, flauta doce e transversal, clarinete, bateria, percussão, teclado, piano, guitarra, técnica vocal, canto coral, teoria musical, linguagem e extensão musical, além de ballet, dança de salão, dança de rua, expressão corporal, baliza, e pintura em tela.

Tânia Marins Lucena, de 13 anos, é aluna da Casa da Música há um ano e meio, e no contraturno da unidade onde estuda, pratica aulas de violão. Mesmo tímida, se entusiasma ao falar do curso que está fazendo. “Fiquei sabendo através de amigos meus que já fizeram aqui e me recomendaram. Gosto muito de participar. Temos uma aula praticamente particular, porque na nossa sala somos em quatro pessoas”.

A emoção de fazer música vai muito além de escrevê-las, inspira-se na combinação de instrumentos trabalhados em diversos momentos. Antonio Emídio Cestari, de 28 anos; e Anderson Augusto Silva Oliveira, de 29 anos, são professores e confirmam a teoria de que mais do que professores, eles são amigos. Elementos como esse diferem a Casa da Música das demais instituições.

Anderson considera isso como um diferencial conquistado pela equipe docente do espaço. “Aqui, além de tudo somos amigos. Faço até uma comparação com os alunos do ensino fundamental e médio, em que o professor aparece com uma imagem de chato. E acho que a relação do professor de instrumento é mais próxima do aluno. Um amigo ensinando outro”.

Antes de serem docentes, os dois, em diferentes anos, descobriram nas aulas de violão a aptidão pela área musical. Daí então não parou mais. Após encerrar o curso na Casa da Música, os olhos se voltaram à faculdade de música, e em 2009, passaram no processo seletivo para professores.

“Itanhaém oferece as atividades sem visualizar um retorno financeiro, o que difere das demais instituições. Aqui temos a liberdade de escolher com quantos alunos ficamos em sala de aula”, salienta Antonio.

   
 
   
  Boletim Oficial
Boletim Oficial do Município
Baixar Wallpaper
Newsletter
 
 
Município     Educação     Serviços     Turismo     Concursos e Editais     Portais
Prefeitura Municipal de Itanhaém
Instagram Twitter   Facebook Flickr You Tube RSS Feed  
Avenida Washington Luiz, 75 - Centro - CEP 11740-000
Telefone: (13) 3421-1600
E-mail: comunicacao@itanhaem.sp.gov.br
Desenvolvido pela Secretaria de Comunicação Social