//
Publicada em: 20/01/2015 -



MEIO AMBIENTE - O tamanho dessa vegetação varia de 30 cm a 1,5 m

Vegetação rasteira ajuda a manter equilíbrio da região costeira



Por Secretaria de Comunicação Social
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br
Placas auxiliam na conscientização da preservação das áreas com Jundu
Placas auxiliam na conscientização da preservação das áreas com Jundu


Ao passear pela orla da praia de Itanhaém, muitas vezes é possível ver uma vegetação chamada Jundu, que, mesmo não aparentando, tem papel importante para o equilíbrio da região costeira. Esta importância é um dos motivos pelo qual a sua preservação é garantida por lei em todo território nacional.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Twitter e no Facebook

Confira as fotos

Na restinga, terreno arenoso e salino, próximo ao mar e que é coberto por plantas herbáceas, é comum o surgimento de vegetação como a do Jundu. Característico desse tipo de área, depende mais da natureza do solo do que do clima da região. É essencial para a preservação da biodiversidade e estabilização da areia.

Localizado próximo a orla da praia, o Jundu retém a areia que é levada pelo vento ou mar, e principalmente, evita erosões. Sem esse tipo de vegetação, a erosão acontece de forma mais agressiva, prejudicando a natureza ou construções mais próximas ao mar. Por causa dessas ações, tem papel importante para manter o equilíbrio ambiental do lugar.

Para haver sua preservação é preciso a conscientização da população, para que entendam o valor daquela vegetação e o quanto sua degradação traz prejuízos ao meio ambiente. Com finalidade de ajudar a conscientizar as pessoas que passam perto ao local, um morador da Cidade colocou uma placa alertando à população para que não pisem naquela área.

A Secretária de Planejamento e Meio Ambiente junto ao Conselho estão pensando em projetos semelhantes para auxiliar na conscientização e preservação do Jundu.

A área onde ele se encontra é considerada de preservação permanente por legislação federal. A Lei Ambiental 9605/87 garante a preservação do Jundu em território nacional. Cortar, construir sobre essa vegetação ou agredi-la é ilegal e, caso aconteça, deve ser feita a denúncia para a Polícia Ambiental (13) 3422-3765.



Palavra-chave: meio ambiente   vegetacao   jundu   preservacao  



       indique-amigo

Enviar essa matéria por e-mail