Publicada em: 26/08/2015 -



TOUR - A ação, realizada duas vezes por semana, é acompanha por monitores da Prefeitura e professores da rede pública de ensino

Projeto dá aula de história para alunos em expedições por caminhos culturais da Cidade



Por Secretaria de Comunicação Social
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br
O projeto orienta os alunos sobre verdades e mitos que rondam os locais históricos
O projeto orienta os alunos sobre verdades e mitos que rondam os locais históricos


Quem disse que precisa estar dentro da sala de aula para aprender história? Os estudantes do 9º ano das escolas municipais de Itanhaém vivenciam na prática o que conhecem na teoria em expedições pelos principais monumentos da Cidade no projeto ‘Caminhos Culturais’. A ação, realizada duas vezes por semana, é acompanha por monitores da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes e professores da rede pública de ensino.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Twitter e no Facebook

O projeto incentiva a continuação dos estudos fora do ambiente escolar, levando os estudantes a lugares históricos e turísticos da Cidade com informações sobre cada atrativo visitado, entre eles, Cama de Anchieta, Gruta Nossa Senhora de Lourdes, Museu Conceição de Itanhaém, Igreja Matriz de Sant’Anna, Convento Nossa Senhora da Conceição, Biblioteca Municipal Poeta Paulo Bomfim e o Espaço Gabinete de Leitura.

Trata-se de uma ação que une educação às atividades culturais. Atualmente, o projeto, composto por coordenadores e monitores, orienta os alunos sobre verdades e mitos que rondam os locais. O encontro dura em média três horas. Para integrar a equipe, os monitores precisam passar por uma prova de aptidão, isto é, para descobrir se estão preparados para iniciar as atividades junto aos alunos. Além disso, a segurança é outra prioridade no projeto. Tanto estudantes quanto professores são transportados por um ônibus escolar, seguindo o roteiro programado e pré-estabelecido.

A vice-diretora da E. M. Ana Cândida Ebling de Oliveira, no Savoy, Edilene Andrade Trigo, se surpreendeu com os detalhes apresentados pelos monitores durante as visitas. “Além da atividade cultural, eles saem um pouco da rotina escolar. Percebi com esse projeto que muitos alunos não conhecem os pontos turísticos de Itanhaém. Após o passeio, a programação dá continuidade dentro da sala de aula com ações propostas pela professora. O resultado é exibido na unidade para todos os estudantes”, ressalta.

Outro ponto bastante trabalhado pelos monitores é a preservação dos patrimônios. O ato de vandalismo contra o patrimônio público é crime. Munícipes podem fazer denúncias pelo telefone da Guarda Civil Municipal (199).

“É uma forma de fazer com que eles tenham contato com os nossos monumentos e descubram como é rica a história da segunda Cidade mais antiga do Brasil. Queremos que eles sejam multiplicadores e contribuam para a preservação desses espaços”, afirma o diretor de Cultura, Rodrigo Zanella.



Palavra-chave: alunos    cultura    passeio  



       indique-amigo

Enviar essa matéria por e-mail